“Verdadeiros Heróis” novo som da banda de rock paulistana O Porto

Spread the love

Com produção de Alexandre Capilé, faixa é um chute no peito dos problemas atuais e revela quem são os verdadeiros heróis brasileiros

“Quem são os verdadeiros heróis?” É com esse forte refrão que O Porto traz a sua visão sobre tudo que estamos vivendo no Brasil em função da pandemia. A música aflora o sentimento de indignação mútuo que temos em relação aos brasileiros que perdemos para o vírus por pura negligência. Mostra empatia com as dificuldades enfrentadas pelas minorias e coloca os profissionais da saúde como grandes heróis da nação. ” Verdadeiros Heróis” já está disponível em todas as plataformas de streaming e playlists do gênero.

A composição é do guitarrista da banda, Paulinho Ortolan, e conta com produção e gravação de Alexandre Capilé – produtor e músico. Tudo foi gravado à distância, em função da quarentena, o que fortaleceu ainda mais a imersão da causa na letra. O Porto acredita que a música têm papel importante nesse momento tão difícil. A movimentação dos artistas nessa luta é nítida e necessária, em uma diversidade infinita de gêneros e uma variedade enorme de músicas, cada uma registrando de maneira exclusiva e intensa o que é vivido por nós atualmente.

Exclusivamente para esse lançamento, a banda produziu também um lyric vídeo com imagens que deixam a experiência de ouvir a música ainda mais profunda.

Ficha Técnica:

Música
Composição: Paulinho Ortolan
Gravação: Paulinho Ortolan e Daniel Zanella
Produção: Paulinho Ortolan, Daniel Zanella e Alexandre Capilé
Mixagem e Masterização: Alexandre Capilé

Vídeo

Pós-Produção: Caramelo Filmes

Sobre O Porto

Formada em meados de 2016, já se apresentou em grandes casas de shows, como O Kazebre e Carioca Clube, abrindo bandas relevantes, entre elas Aborto Elétrico e Urbana Legion. O sucesso “Cabeça Livre”, que compõe o primeiro álbum “Quatro chaminés e um vinheiro”, está na grade de programação da 89FM – A Rádio Rock. O Porto tem um som direto, pesado e cortante. Bastante atual e com influências nítidas dos anos 70 e 80. O lema é rock e atitude, sem preconceitos e sem barreiras! A banda é paulistana e transborda malandragem e conhecimento de causa. Com isso, se permite falar de diversos assuntos, desde os mais polêmicos até os mais cotidianos. As guitarras dão a tônica e sustentam muito bem as melodias e letras. O groove de bateria e baixo formam um rolo compressor cheio de potência. A voz tem força e caráter. O Porto é: Gui Revitto (vocais), Paulinho Ortolan (guitarra e backing vocals), Danilo Zanquetta (bateria) e Lucas Weingaertner (baixo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *